Andragogia: o que é e qual o seu papel na educação corporativa?

A aprendizagem atual está envolta de vários conceitos, cada qual com suas respectivas características e seus benefícios. Entre eles, a Andragogia vem se destacando cada vez mais, e é sobre isso que iremos tratar neste artigo. Acompanhe nosso conteúdo e entenda um pouco mais sobre esse assunto!

O que é Andragogia?

Conceito criado na década de 1970 por Malcolm Knowles, a Andragogia consiste na metodologia aplicada no desenvolvimento e orientação da aprendizagem de adultos. Esse método se fez necessário devido às diferenças latentes entre a forma de aprendizagem de crianças e adultos, que absorvem conhecimento de maneiras distintas.

Baseando nesse conceito, foram desenvolvidas diversas técnicas de aplicação de treinamentos, cursos, palestras e workshops, voltadas principalmente para o ambiente corporativo. Essa metodologia resulta em uma aprendizagem otimizada no processo de ensino, um melhor aproveitamento e resultados superiores.

Da mesma forma que o ensino infantil é fundamentado em práticas pedagógicas, a Andragogia é pautada na participação ativa do indivíduo, já na idade adulta. Ou seja: por meio desse método de estudo, o adulto é responsável pelo próprio aprendizado, sendo figura atuante do seu próprio processo. Com a Andragogia , é possível incluir fatores importantes na jornada de aprendizado, como:

  • Experiências e vivências do indivíduo;
  • Valores pessoais;
  • Habilidades profissionais. 

Com isso, o processo de aprendizagem acaba se tornando um processo contínuo de ensino, onde o agente interage com o conteúdo e aplica o conhecimento de forma constante. Em um ambiente corporativo, esse tipo de aprendizagem acaba trazendo inúmeras vantagens, além de proporcionar uma experiência de ensino mais leve e dinâmica.

Relacionados:

Qual a diferença entre Andragogia e Pedagogia?

Devido à algumas semelhanças, esses dois conceitos acabam sendo confundidos com freqüência, mas existem distinções importantes a serem consideradas:

Andragogia: esse método garante um aprendizado mais prático e aplicável, com foco em um contexto mais específico. O indivíduo assume um papel mais autônomo no seu processo de ensino, realizando a autogestão do seu conhecimento e aplicando de forma imediata aquilo que ele aprendeu. O objetivo da Andragogia, nesse caso, é proporcionar a auto realização do participante, com um processo de orientação-aprendizagem.

Pedagogia: diferentemente da Andragogia, a pedagogia foca em um conhecimento mais amplo com o desenvolvimento mais generalizado. O ensino é feito de forma direta, com menor autonomia do participante, voltado para um processo de ensino-aprendizagem. O foco da pedagogia é proporcionar a formação do indivíduo, com uma aplicação mais tardia do conhecimento.

A andragogia na Educação Corporativa 

Um dos maiores benefícios da Andragogia para a educação corporativa é a autorrealização do colaborador, uma vez que o principal objetivo dessa metodologia  é aumentar a autonomia. Ela visa estabelecer uma conexão entre a realização individual do participante do aprendizado com o sucesso da empresa e a otimização dos seus resultados.

No caso da sua aplicação na educação corporativa, a Andragogia  proporciona diversos benefícios para a empresa, como veremos a seguir:

  • Garante uma experiência mais participativa do usuário, com uma aprendizagem mais construtiva e diferenciada;
  • Essa metodologia foca nas necessidades reais de cada um dos participantes, levando em consideração toda a bagagem posterior, utilizando suas experiências prévias no processo de aprendizagem.
  • São implementadas medidas de aprimoramento de forma mais participativa e engajadora;
  • Mais do que uma metodologia de correção ou condicionamento das ações, a Andragogia visa agregar valor à performance do colaborador e aos resultados da empresa;
  • Treinamento implementado com atividades dinâmicas personalizadas e valorizando as vivências do participante, contribuindo com um processo de tomada de decisão mais assertivo;
  • Os colaboradores podem aplicar de forma prática os conteúdos aprendidos na execução das atividades, realizando uma avaliação das conseqüências negativas e positivas que as práticas podem proporcionar;
  • Como essa metodologia proporciona uma maior autonomia para os funcionários no decorrer do treinamento, ela proporciona um sentimento maior de realização do indivíduo, contribuindo para sua auto-estima e realização.
  • Esse método de aprendizagem garante uma visão mais ampla das suas atividades, com uma formação crítica, o que estimula a formação de opinião, ideias e sugestões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code