Treinamento e desenvolvimento: 5 métricas essenciais e como usá-las

Para que uma empresa evolua, seus colaboradores também precisam evoluir. Por esse motivo, o Treinamento e Desenvolvimento é uma área vital para o negócio. Não sendo só uma obrigatoriedade, ele se trata de uma métrica essencial para que os objetivos sejam alcançados por meio do treinamento e da educação.

Por se tratar de um fator tão importante, é preciso que sejam estabelecidos indicadores adequados para que os resultados sejam mensurados. Para conhecer um pouco mais sobre essas métricas, confira esse artigo que preparamos para você!

Qual a importância dos indicadores de Treinamento e Desenvolvimento?

Dentro de uma empresa, o desenvolvimento dos colaboradores deve ir além de fornecer um bom material e proporcionar um treinamento de qualidade. Sem os indicadores corretos, é impossível determinar se as ações realizadas estão atingindo os resultados esperados. 

No sentido de controlar os resultados e implementar melhorias aos métodos aplicados, o uso de indicadores de desempenho é parte essencial do Treinamento e Desenvolvimento. Para saber se o retorno dos investimentos realizados é o esperado, é preciso escolher os melhores indicadores, como veremos a seguir.

Principais indicadores utilizados em Treinamento e Desenvolvimento e como avaliá-los

Taxa de adesão

Esse é o primeiro indicador a ser observado, pois  o alcance é vital para alcançar as metas estipuladas com o treinamento. Essa métrica se refere à quantidade de colaboradores que efetivamente aderiram ao treinamento em  comparação ao número total de convidados. Por meio dessas informações, os organizadores conseguirão determinar o interesse geral do público nesse treinamento e, assim, implantar melhorias conforme a necessidade.

Junto a esse indicador, também é possível determinar como foi o aproveitamento desses participantes com relação ao conteúdo ensinado. Para obter essa informação, a equipe de Treinamento e Desenvolvimento pode aplicar questionários de absorção que aborde os principais temas tratados, além de possibilitar que o participante avalie o treinamento com conceitos ou notas de 0 a 10. Com esses dados em mãos, é possível obter uma média geral de aproveitamento.

Média de treinamentos por colaborador

Essa métrica pode ajudar a informar sobre como está a procura dos colaboradores por capacitação, e também se o número de treinamentos oferecidos pela empresa é adequado. Conhecendo quantos treinamentos são concluídos anualmente por cada colaborador, a empresa poderá criar uma estratégia de desenvolvimento mais assertiva, sabendo os pontos de melhoria a serem supridos.

Uma empresa que disponibiliza muitos treinamentos conta com colaboradores mais qualificados, que, por consequência, contribuem diretamente para o seu próprio crescimento.

Tempo médio anual em treinamento

Assim como é importante estabelecer a quantidade de treinamentos realizados por cada funcionário, também é vital estabelecer o tempo dispendido por cada colaborador participando de treinamentos. Ou seja, é preciso conhecer quanto tempo exatamente é dedicado ao aprimoramento e realizar um comparativo de desempenho X tempo.

Investimento Realizado

Uma grande base para conhecer a sua estratégia de Treinamento e Desenvolvimento é o valor investido nesse setor. É importante comparar os resultados obtidos com o valor investido anualmente, de forma a estabelecer o real valor desses investimentos e, caso necessário, realizar ajustes. Esse indicador é vital para a elaboração de orçamentos futuros.

ROI – Retorno sobre o Investimento

Apesar de estar no final da lista, esse indicador é extremamente importante para entender como a estratégia de Treinamento e Desenvolvimento está sendo aplicada na empresa. Mais que apenas uma métrica financeira, o ROI ajuda a determinar qual o retorno financeiro que a capacitação dos colaboradores pode trazer ao negócio.

Ou seja, por meio desse indicador, é possível descobrir qual o efetivo retorno financeiro que as ações de desenvolvimento implementadas trouxeram para a empresa.  Esse cálculo deve ser feito com uma fórmula específica:

ROI = [(ganho obtido – valor do investimento realizado) / valor do investimento realizado] x 100.

Com essa informação, a equipe responsável pelo Treinamento e Desenvolvimento conseguirá ter uma visão clara dos resultados obtidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code