10 indícios de que é o momento de trocar o LMS

Nunca se falou tanto em transformação digital como agora. Um exemplo disso é o uso cada vez mais frequente do LMS nas empresas. Esse Sistema de Gestão de Aprendizagem facilita muito os treinamentos e com certeza o LMS que você utiliza te ajudou muito.

Provavelmente, quando você o implementou ele parecia perfeito, exatamente o que você precisava. No entanto, as organizações evoluem e suas necessidades também, tornando necessário realizar mudanças. Será que é o caso da sua empresa? Confira a seguir esses 10 indícios de que é o momento de trocar o LMS da sua empresa!

1. Sua equipe está enfrentando problemas para gerenciá-lo

Os sistemas mais antigos podem ser mais engessados, com operacionalização complexa e uma plataforma difícil de utilizar. Os conteúdos costumam demorar para subir e o administrador encontra dificuldades em utilizá-lo.

Esse tipo de problema pode afetar o desenvolvimento dos alunos, desmotiva-los e impactar diretamente no próprio objetivo do LMS, que é facilitar o processo de aprendizagem e torná-lo mais intuitivo.

2. Há dificuldade na integração entre sistemas

Infelizmente, nem todos os LMS disponibilizam as ferramentas necessárias para integração com os sistemas utilizados pela organização,  causando um alto impacto na operacionalização dos programas de treinamento. 

Optar por plataformas integradas significa otimizar processos, diminuir erros e retrabalho, ter indicadores confiáveis e em tempo real, permitir focar em estratégias e evolução dos programas de treinamento.

Por isso, é essencial optar por uma plataforma que permita a integração com diversas ferramentas, como soluções de webconferência a exemplo o Teams e Zoom, soluções de HCM, ferramentas de autenticação e acesso, são exemplos de integrações que facilitam a gestão de ponta a ponta. 

3. Não é mobile

Os smartphones se tornaram ferramentas usuais no cotidiano das pessoas para a realização de diversas tarefas e com os estudos não é diferente.

Logo, é preciso que a plataforma seja responsiva, ou seja, fácil de ser utilizada via dispositivos móveis ou mesmo que haja um aplicativo móvel para acesso aos conteúdos. . Dessa forma, haverá maior interação e interesse por parte dos alunos.

Caso seja possível personalizar o aplicativo, melhor ainda. O contato com a empresa é mais próximo e promove uma experiência de aprendizado única que pode fazer toda a diferença.

4. Falta de indicadores e relatórios

Os relatórios são muito importantes para os administradores, que precisam de ferramentas para acompanhar o progresso dos alunos e verificar a eficiência das ações, envolver as lideranças de outras áreas, comprovar produtividade para conseguir orçamento e falta de informação para promover mudanças nas ações de treinamento.

Relatórios com indicadores de desempenho também são importantes para os próprios estudantes, que podem ter uma visão do próprio progresso, estimulando uma competitividade saudável, além de estímulos para a conclusão dos cursos.

Sendo assim, se o LMS da sua empresa não conta com painéis de fácil compreensão, métricas de desempenho e outros indicadores importantes, é hora de pensar na troca.

5. Custos crescentes

Alguns LMS exigem upgrades para disponibilizar o acesso a novas funcionalidades, fazendo com que os custos aumentem mais do que o planejado. Se você precisa constantemente realizar pagamentos maiores ou custos extras em algumas funcionalidades, pode optar por um sistema sem “surpresas financeiras”.

6. Poucas possibilidades de personalização

Sistemas mais antigos são mais engessados e costumam ter poucas opções de personalização. Para que os alunos sintam que estão conectados a um sistema de aprendizagem da sua empresa e não de outro fornecedor, o ideal é que o LMS possibilite a personalização de cores, inserção de logo, entre outras características que gerem uma conexão entre a plataforma e a sua empresa.

7. A plataforma não é gamificada

A gamificação permite uma experiência de aprendizado aliada a lógica dos jogos aumentando o engajamento dos alunos, o que se traduz em maior interesse, retenção e melhor experiência.

Se o seu LMS atual não possui gamificação, é o momento de trocar por um onde os alunos possam aprender através de jogos. 

O gestor pode qualificar o desempenho e realizar as mudanças conforme os interesses e objetivos da organização.

8. Falta de suporte

Você sabe o que é pior do que ficar preso a um aplicativo empresarial difícil de usar? Ficar preso a um aplicativo empresarial difícil de usar e sem suporte. Alguns fornecedores corporativos são conhecidos por seu fraco suporte ao cliente. 

Outros insistem em terceirizar seus serviços ao cliente para “especialistas” remotos de suporte ao cliente que não estão familiarizados com o produto e só podem recitar um script de call center.

Se você está preso a um fornecedor que não responde aos seus tíquetes de suporte, ou cuja equipe de suporte ao cliente parece saber ainda menos sobre o produto que você conhece, provavelmente é hora de mudar para um novo LMS.

9. Pagamento em moedas estrangeiras

As soluções de LMS internacionais passaram a gerar alto custo mensal para as empresas brasileiras, em função da alta do dólar e euro, comprometendo grande parte do orçamento da área. 

Isso pode significar o momento adequado para troca de LMS na sua empresa. 

É importante analisar que há diversas plataformas LMS competitivas no mercado brasileiro, capazes de oferecer todos os requisitos que citamos neste artigo, como o Konviva LMS. 

10. Falta de engajamento dos alunos

 Quando o LMS não é intuitivo, moderno, nem gera engajamento e motivação dos alunos, com certeza é o momento de procurar por uma nova opção. A tecnologia evolui cada vez mais rapidamente e, se as ferramentas que sua empresa utiliza não evoluem junto, a organização acaba sendo vista como antiquada também.

Já com uma plataforma com interatividade, fácil navegação, gamificação e experiências de aprendizagem personalizada estimulam os alunos, trazendo resultados melhores, mais eficientes e colaborando para a construção da imagem da empresa como moderna e conectada com as inovações.

O que procurar em um novo LMS?

Se você usa um LMS antigo e desatualizado, mas deseja começar a buscar por uma opção melhor, veja abaixo alguns dos recursos que não podem faltar:

  • capacidade de análise de dados necessária para fornecer insights de big data;
  • métricas apresentadas de forma atraente;
  • indicadores do aluno como engajamento, progresso e sucesso;
  • visão sobre a experiência de aprendizagem dos alunos, especialmente o grau de exposição necessário para um resultado bem-sucedido.

Sabe onde você encontra todos estes recursos? Na Konviva! Veja como o SICREDI obteve bons resultados ao realizar a troca do LMS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code